A MENOPAUSA E OS SENTIMENTOS DA MULHER

January 19, 2019

A MENOPAUSA é um processo natural no envelhecimento da mulher, mas para a maioria de nós representa um grande declínio no rendimento físico e mental, além da probabilidade de surgirem graves prejuízos psicológicos e emocionais devido à mudança hormonal.

 

 

Muitas das mulheres que atendo no consultório queixam da diminuição da resistência física, da acuidade mental, da libido. Falam sobre a instabilidade emocional, da grande irritabilidade e sobre as crises conjugais que se instalam e/ou se agravam nesse período. A depressão é um dos piores agravamentos no quadro da menopausa porque é uma doença realmente incapacitante, nos altera, nos limita, nos desequilibra.

 

É importante aqui frisar que existem diversas linhas de tratamentos e práticas complementares que nos auxiliam muito no melhor "enfrentamento" dos sintomas. Reposições hormonais sintéticas ou naturais, dieta adequada, atividade física, lazer, psicoterapia, yoga e tantos outros. Ah, e não posso me esquer do quesito sossego SOSSEGO! Você precisa de muito sossego! Seja como for, deixe isso claro para os mais próximos.

 

 A tristeza, a perda da autoconfiança, as alterações nos nossos corpos que nos tiram a beleza física podem ser, sim, enfrentadas e vencidas, principalmente com a adoção de uma mentalidade menos rígida sobre nós mesmas que nos autoriza transitar pela vida dignamente em cada fase dela, com equilíbrio, maturidade, aceitação e amor próprio.

 

Sobre os parceiros, um amor realmente bom é aquele que põe na pauta o valor que você construiu durante toda a existência dele. É aquele que te acolhe, te abraça, te compreende e auxilia na superação das inconveniências dessa fase. Mas lembre-se que nessa mudança de ciclo no universo feminino, há o luto, a perda do viço e uma evidência crua da passagem do tempo. É difícil para você, é difícil para eles também. Compreenda, aceite, coopere, dê um desconto, conte até 10, respire fundo.

 

Quando os anos avizinharem essa fase, quando você sentir o mal estar angustiante d

 

os primeiros fogachos ou se já está nesse "processo", SIMPLESMENTE SE AME, se autorize passar por tudo isso sem permitir que os deboches, a indiferença, o despreparo dos parceiros e a incompreensão dos outros te abalem ainda mais. Uma boa dica é comunicar, sinalizar sobre como se sente para que eles saibam do seu nível de necessidade de ajuda em cada dia desses longos anos á frente.

 

Existe um "barulho" interno a ser ouvido, aceito, tratado e superado. Apodere-se do seu direito de ser e estar no mundo nesse exato instante com todo o respeito e cuidado que você precisa e merece.

 

Ame-se, ame-se muito! 

 

Um beijo carinhoso no seu coração e nos seus hormônios.

Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes